Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, COBRAC 2018

Tamanho da fonte: 
MAPEAMENTO DE ÁREAS DA CULTURA CAFEEIRA INFECTADAS POR NEMATOIDES A PARTIR DE IMAGENS OBTIDAS POR AERONAVES REMOTAMENTE PILOTADAS
Carlos Alberto Matias de Abreu Júnior, Geovane Piveta Vinhal, George Deroco Martins, Laura Cristina Moura Xavier, Rodrigo Bezerra de Araujo Gallis, Ricardo Luís Barbosa

Última alteração: 2018-09-29

Resumo


O sensoriamento remoto vem sendo aplicado cada vez mais na agricultura de precisão, devido a sua forte correlação com as variáveis agrícolas. A combinação espectral de espectral de bandas do visível vem se tornando uma alternativa em câmeras com ausência do infravermelho próximo, devido  a uma relativa  correlação com a vegetação e, consequentemente, com as variáveis agrícolas. Dessa forma é possível identificar as oscilações presentes em uma plantação, como a presença de pragas e parasitas, sendo assim detectável  a presença de nematoides na cultura cafeeira. Nesse contexto, as aeronaves remotamente pilotadas (ARPs) de baixo custo possibilitam o monitoramento continuo dessas culturas, sendo uma alternativa cada vez mais utilizada, para a geração de mapas de controle de pragas, que auxiliam no controle da produtividade das plantações, para que esta não seja afetada. Neste trabalho, foi utilizada a classificação pelo método de redes neurais artificiais para discriminação de áreas da cultura cafeeira infectada por nematoides. Para tanto, a classificação foi aplicada em uma combinação de bandas do visível com TGI (Triangular Greenness Index) e análise da acurácia do mapeamento foi validada a partir do índice Kappa. A Matriz de confusão apresentou um erro de omissão de X e de inclusão de Y e o índice Kappa foi de Z.


Palavras-chave


Cafeicultura; Nematoides; Agricultura de Precisão; Mapas de infecção

Texto completo: PDF