COBRAC - Congresso de Cadastro Multifinalitário e Gestão Territorial, COBRAC 2018

Tamanho da fonte: 
MUDANÇA DE USO DA TERRA ASSOCIADA À EXPANSÃO DA AGRICULTURA ANUAL NO MUNICÍPIO DE QUERÊNCIA – MT, PERÍODO DE 2000 A 2015
Olga Martins Freitas Rosa, Everton Silva, Joel Risso

Última alteração: 2018-09-25

Resumo


Este trabalho tem por objetivo analisar a expansão de culturas anuais, principalmente o cultivo de soja, no município de Querência no estado de Mato Grosso. Este município localiza-se no Bioma Amazônia, possui um histórico recente de grande expansão agrícola , que é  constantemente associada à desmatamento. Portanto, buscou-se analisar as mudanças de uso da terra no município de Querência, entre os períodos correspondentes a safra 2000/2001 até a safra 2014/2015. A metodologia consistiu na interpretação visual de imagens dos satélites da série Landsat, por meio de software de geoprocessamento que proporcionaram a confecção dos mapas de mudança uso da terra dos seguintes períodos das safras: 2000/2001 a 2006/2007, 2006/2007 a 2009/2010 e 2009/2010 a 2014/2015. Para tanto, foram identificadas cinco classes de mudança de uso da terra: agricultura anual (soja, milho e algodão), pastagem, remanescentes de vegetação nativa (RVN), abertura (corte de vegetação nativa ou secundária) e outra agricultura. Desta forma, verificou-se a expansão em 1.425% de áreas destinadas a agricultura anual entre as safras de 2000/2001 a 2014/2015. Pôde-se aferir também, que após Moratória da Soja, que entrou em vigor em 2006, as classes RNV e abertura entraram em declínio.


Palavras-chave


Uso da Terra

Texto completo: PDF